O Google tem outro Linux de Desktop e não quer que você use! - Goobuntu e gLinux Rodete



⬇ Baixe o ELSA gratuitamente e receba 7 dias de testes gratuitos da versão PRO: https://bit.ly/ELSAxDIOLINUX
✅ Assine o Elsa PRO com 85% de desconto no plano “lifetime” ou 40% de desconto na assinatura anual: https://elsaspeak.com/inf/Diolinux/

O blog do Google Cloud compartilhou detalhes sobre o Linux Desktop que mais de 100 mil máquinas utilizam internamente para o desenvolvimento de tecnologias Google, especialmente o Google Cloud. A empresa migrou do Goobuntu, sistema baseado no Ubuntu LTS, para o gLinux Rodete, uma distro rolling release com base no Debian Testing. Conheça neste vídeo os detalhes dessa migração, os motivos, e o nascimento de uma nova ferramenta poderosa chamada SIEVE, que faz automação da instalação dos sistemas para todo o parque que o time de infra do Google toda conta.

👑 Seja membro do canal: https://diolinux.com.br/play
📩 Receba novidades no seu Email: http://diolinux.com.br/newsletter
⭐ Conheça o nosso trabalho: https://diolinux.com.br/links
🎤 Nosso PodCast: https://diolinux.com.br/diocast
🎮 Nosso canal de Lives de games: https://diolinux.com.br/live
🛒 Nossa loja (na Lolja): https://diostore.com.br

📬 Contato comercial: [email protected]

📎 :
‣ https://cloud.google.com/blog/topics/developers-practitioners/how-google-got-to-rolling-linux-releases-for-desktops

#Google #linux #opensource #glinux #goobuntu

33 thoughts on “O Google tem outro Linux de Desktop e não quer que você use! – Goobuntu e gLinux Rodete”
  1. Alguém pode me ajudar, instalei o Zorin no meu Pc e tenho o mint no notebook, ambos estão com muita lentidão para baixar apps e atualizar, o mint recomendou uma mirror da Argentina, o Zorin me recomenda mirrors aleatórias, só eu estou com esse problema?

  2. -Então toda empresa que tenha um Cloud adota uma distro Linux para fornecer asos clientes.
    -Até a Microsoft inicialmente usou o Ubuntu depois fez a propria distros deles, o AWS tem o linux deles (base RedHat), a IBM Cloud tem o RedHat que é deles mesmos como distro.
    -A Oracle onde trabalho tem o Oracle Linux que pode tanto ser instalado na nuvem Oracle OCI ou em qualquer outra como imagem custom ou baixada e instalado em server Baremetal, porém a imagem do Oracle Linux também instala máquina Workstation ou server com GUI.
    -Porém um funcionário que vá usar o OS dentro do compliance que a empresa exigem em máquina de trabalho ainda tem de converter a imagem de uso geral na de funcionário com as ferramentas que usamos.
    -Mas a versão de Distro OS de colaborador de todas as empresas é sigilosa, a nossa na Oracle é a da Microsoft DE COLABORADOR COM AS FERRAMENTAS AZURE também é.
    -Essa distro é a interna do Google para uso de colaborador interno deles possivelmente.

  3. Se até o Google largou o Ubuntu todo bugado para usar Debian, porque alguém ainda usa esse troço?

    O Ubuntu é uma mistura de Debian Unstable/Experimental, ou seja, "acima" do Testing e com um emaranhado de pacotes, e por isso é uma péssima escolha; a única coisa estável é o kernel.

    O Debian Testing é o melhor entre estabilidade e pacotes upstream, é o ideal para qualquer usuário Linux; o único ponto negativo é ter de saber configurar algumas coisas, fora isso é perfeito!

  4. Diolinux, tive uma ideia pra um vídeo aqui, um teste de várias distros Linux, para ver qual tem melhor duração de bateria em notebooks, e também configurações simples que o usuário pode fazer para melhorar a duração da bateria.

  5. @Diolinux Poderia me informar se existe alguma ferramenta de gerenciamento de impressão no linux com interface gráfica ou de fácil configuração ? Semelhantes ao WebPrinter ou se o próprio CUPS faz isso, amaria ver um vídeo sobre esse assunto no canal. Abraço!

  6. A automatização ainda é até hoje, a porta criativa da ficção científica acertiva, numa realidade onde o trabalho (job) ainda não foi desmistificado pela conduta liberal de empresas, tal como o Google. Posso até ter a retórica valorizando humanos, mas no final…

  7. Podia fazer um vídeo colocando o Debian testing na comparação com as outras distros, neste ótimo trabalho que você faz, Dio!
    Eu gosto da base Debian, uso o Ubuntu, mas esse negócio de lançamento de versão a cada 2 anos comecei a achar ruim, você tem que absorver todas as novidades de uma vez e ficar com o sistema "defasado" por um bom tempo. Por isso vou mudar para a base Arch.

  8. uma coisa que nunca entendi, se o google utiliza linux nos servidores pq eles nao liberam o codigo fonte, pq licença gpl ela diz que tem que liberam o codigo, sei que na versao 3 ela deixou isso de lado, mas o facebook, google e outros utilizam linux a anos!

  9. Ubuntu é uma bagunça, quase me fez desistir do linux quando comecei a testar na versão 12.
    O manjaro ressucitou meu interesse, depois aprendi a usar o Arch btw.

  10. As vezes quando tem nova versão do ubuntu muda é tudo por baixo do capô. ainda bem que faço appimages e posso botar as libs dentro mas só pra dar um exemplo. nessa nova versão todos os meus 60 pacotes deb pararam de funcionar por causa da maldita libssl1 e libweb6 que no novo ubuntu é a libssl3-3. também a própria lib base dos appimages que é a libfuse2 foi passada para libfuse3-3 só que não existe appimage nessa versão fazendo que que as pessoas tenha que por o comando para instalar. a lib base do appimage ainda se encontra no repositório mas muitas outras não como a libssl1 e a libweb6 que simplemente não existe na nova versão do ubuntu. isso prejudicou muita gente inclusive de jogos e para exeplificar no site da stardew valley eles estão mandando por o repositório da ubuntu 20 04 LTS para instalar essas libs porque no novo ubuntu removeram embora elas pudessem funcionar. isso é ridículo da canonical. Parece até que eles se esforçam para expulsar as pessoas do sistemas dele.

  11. Eu sempre tive curiosidade com relação as licenças dessas distros internas que não são disponibilizadas ao público, elas de alguma maneira violariam a GPL?

Leave a Reply

Your email address will not be published.